Área restringida

La información contenida en esta página está destinada a veterinarios y/o profesionales de salud animal con capacidad de prescripción y/o dispensación de medicamentos.

– Confirmo que soy veterinario o profesional de salud animal.

– Entiendo que la información disponible en esta página se refiere exclusivamente a productos y autorizaciones en España. La información en otros países, debo consultarla a través de los medios oficiales disponibles en el destino específico o con el Departamento de Exportación.

Antiinflamatório

Print Friendly, PDF & Email

Cortexonavet 2 mg/ml

Anti-inflamatório esteroide em suspensão injetável

1. Advertência

As informações disponíveis nesta página correspondem à legislação e textos em vigor em Espanha. Para todos os outros países, consultar as informações nacionais específicas ou contactar o Departamento de Exportação.

*O conteúdo desta página é puramente informativo. Para uma utilização correcta dos produtos, consultar as indicações da ficha técnica.

Informação rápida do produto

Princípio(s) activo(s)Via de administraçãoTempo de esperaApresentação

Dexametasona (fosfato de sodio)

Cavalos: via intravenosa ou intramuscular. Também por via intra-articular.
Vacas, porcos, cães e gatos: via intramuscular.

Carne: Bovino: 8 dias Suíno: 2 dias Cavalos: 8 dias Leite: Bovino: 72 horas Éguas: Não utilizar para consumo humano

50 ml

100 ml

Disponibilidade do país

Albania, Algeria, Austria, Belgium, Bosnia and Herzegovina, Bulgaria, Croatia, Hungary, Ireland, Italy, Macedonia, Morocco, Poland, Portugal, Romania, Spain.

Se o seu país não estiver listado, contacte a nossa equipa de exportação.

Contactar

Princípio(s) activo(s)

Dexametasona (fosfato de sódio) ………………………………………………………………….. 2 mg/ml

Indicações

Bovino, suíno, cavalos, cães e gatos:Tratamento de doenças inflamatórias ou alérgicas.

Bovino:Tratamento de cetose primária (acetonemia). Indução do parto.

Cavalos: Tratamento de artrite, bursite ou tenossinovite.

Contraindicações

Com exceção de situações de emergência, não administrar em animais que padecem de diabetes
mellitus, insuficiência renal, insuficiência cardíaca, hiperadrenocorticismo u osteoporose.
Não administrar em casos de infeções virais durante a fase virémica nem em casos de infeções
micóticas sistémicas.
Não utilizar em animais que padecem de úlceras gastrointestinais ou corneais ou demodicose.
Não administrar por via intra-articular se existirem evidências de fraturas, infeções articulares bacterianas
e necrose óssea assética.
Não administrar em casos conhecidos de hipersensibilidade ao princípio ativo, a corticosteroides
e a qualquer outro componente do produto.

Precauções especiais

À exceção da sua indicação para induzir o parto no gado bovino, a sua utilização não é recomendada em animais gestantes. A aplicação do produto em vacas em lactação pode reduzir a produção de leite.
A aplicação simultânea com fármacos anti-inflamatórios não esteroides pode agravar a úlcera do trato gastroduodenal.
A administração do produto não é aconselhável em combinação com vacinas ou dentro das semanas posteriores à vacinação.
O risco de hipocalcemia pode aumentar caso seja administrada dexametasona juntamente com diuréticos poupadores de potássio. A utilização concomitante com fenobarbital, fenitoína e rifampicina pode diminuir os efeitos da dexametasona.

Posologia

Tratamento de doenças inflamatórias e alérgicas:

Equídeo, bovino e suíno:1,5 ml/50 kg p.v.

Cães e gatos:0,5 ml/10 kg p.v.

Se necessário, repetir a dose cada 24-48 horas.

Tratamento de cetose primária no gado bovino (acetonemia):

5-10 ml/vaca por via intramuscular. Serão necessárias doses mais elevadas se os sintomas estiverem

presentes durante um tempo ou se estiverem a ser tratados animais que tiveram recidivas. Caso

necessário, repetir após 48 horas.

Indução do parto (bovino):

Uma única injeção intramuscular de 10 ml/vaca após o dia 260 de gravidez. O parto

ocorrerá, geralmente, dentro das 48 e 72 horas posteriores. Caso o parto não ocorra

dentro deste período, a dose pode ser repetida.

Tratamento de artrite, bursite ou tenossinovite (cavalos):

1-5 ml/animal mediante injeção intra-articular. Antes de aplicar uma injeção no espaço

articular ou no saco, deve extrair-se o volume equivalente de líquido sinovial.

Tempo de espera

Carne:

Bovino: 8 días.

Suíno: 2 dias.

Cavalos: 8 dias.

Leite:

Bovino: 72 horas.

A sua utilização não é autorizada em cavalos que produzem leite para consumo humano.

Apresentação

Embalagem com 50 e 100 ml.

Com prescrição veterinária.

N.º de registo: 3365 ESP