Nutricional

Print Friendly, PDF & Email

Neodigestol

Antitimpânico, antiacetonémico, oligoelemento mineral, aminoácido em pó oral

1. Advertência

As informações disponíveis nesta página correspondem à legislação e textos em vigor em Espanha. Para todos os outros países, consultar as informações nacionais específicas ou contactar o Departamento de Exportação.

*O conteúdo desta página é puramente informativo. Para uma utilização correcta dos produtos, consultar as indicações da ficha técnica.

Informação rápida do produto

Princípio(s) activo(s)Via de administraçãoTempo de esperaApresentação

Propionato cálcico S

Sulfato de cobalto

Sulfato de magnésio

Sulfato de ferro

Levedura de cerveja

Caseína

Metionina

Glicose

Fosfato bicálcico

Carbonato cálcico

Via oral, na água para beber.

Zero días

Embalagem com 4 bolsas de 150 g.

Disponibilidade do país

Egypt, Hungary, South Korea, Spain.

Se o seu país não estiver listado, contacte a nossa equipa de exportação.

Contactar

Princípio(s) activo(s)

Propionato cálcico …………………………………………………………………………….. 40 g/150 g

Sulfato de cobalto ………………………………………………………………………………….2 g/150 g

Sulfato de magnésio ………………………………………………………………………………. 10 g/150 gr

Sulfato de ferro …………………………………………………………………………………4 g/150 g

Levedura de cerveja ……………………………………………………………………………….. 20 g/150 g

Caseína …………………………………………………………………….15 g/150 g

Metionina …………………………………………………………………5 g/150 g

Glicose …………………………………………………………………….20 g/150 g

Fosfato bicálcico ……………………………………………………………………………….10 g/150 g

Carbonato cálcico c.s.p. ……………………………………………………………………………………….150 g

Indicações

Em todo o tipo de distúrbios digestivos dos ruminantes, provocados por causas do tipo alimentício, tais como paralisia do estômago, sobrecarga alimentar, indigestões, intoxicações por alimentos alterados, diarreias, gastrite, etc.
Está também especialmente indicado na convalescença das doenças de tipo geral, para obter uma recuperação mais rápida, através da ação favorecedora do NEODIGESTOL sobre a flora e a fauna do rúmen.
Na restauração da flora do rúmen, depois de qualquer tratamento com antibióticos ou sulfamidas, que destroem sempre parte da mesma.
Nos tratamentos dos casos de acidose geral, que repercutem normalmente, originando uma excessiva acidez do leite.
Como terapêutica coadjuvante dos produtos apropriados, nos casos de distúrbios do metabolismo (cetose, puerperal, tetanias, paraplegia, pós-parto, etc.).

Posologia

Bovino: misturar uma bolsa com um litro de água, agitar bem para colocar o produto em suspensão e administrar a mistura utilizando uma garrafa ou sonda. Repetir às 12 horas. Não há qualquer inconveniente em repetir a cada 12 horas, se necessário.

Ovino e caprino: misturar 2 a 3 colheres de sopa em 1/4 l de água. Administrar, como no caso anterior, com uma garrafa ou sonda. Repetir às 12 horas.

Tempo de espera

Zero días.

Apresentação

Embalagem com 4 bolsas de 150 g.

Prescrição veterinária: não é necessária.

N.º de registo: 7458 NAL